Moda Mundo: enfrentando a crise com estilo

Moda MundoDepois de um intervalo de 20 anos, estamos de volta a uma crise financeira grave. Ou seja, nesse meio tempo uma geração inteira foi criada sem saber o que são dificuldades com grana (me incluo nessa). Fomos educados para viver em uma sociedade de consumo, onde o ter passou a ser muito importante. Percebi isso recentemente, quando minha mãe decidiu trocar de carro. Como iria pegar um usado, recebia ofertas de várias revendas. A maioria delas era de jovens que haviam investido e não venciam mais pagar.

E, cá entre nós, a imagem é muito importante para nossa geração. Estar na moda, usando aquela tendência que pipoca no Instagram, é um desejo supercomum. Mas gastar com roupa não é propriamente uma prioridade nesses tempos. Por isso, hoje darei cinco dicas para estar na moda e não gastar rios de dinheiro em tempos de crise.

Moda em tempos de crise

1 – Compre menos e melhor: você não precisa ter um armário abarrotado de roupas para se vestir bem. Bastam as peças certas e de qualidade. Mas o que é qualidade? Um bom tecido, com um corte que valorize seu corpo e um acabamento impecável. Isso garante que a peça durará por muito tempo e você não precisará ficar comprando substitutas a cada seis meses. Daí vocês vão dizer: “mas isso faz com que custe mais caro, qual a vantagem?” A vantagem é justamente a durabilidade. Calcule que se você comprar uma peça por R$ 40 e usá-la duas vezes e investir em uma de R$ 100 e usá-la umas 20 vezes, em qual você vai pagar mais caro? A que você faz um investimento, mas sabe que ela vai durar, ou a que é quase descartável depois de duas lavadas?

2 – Assuma seu estilo e use tendências com sabedoria: embora o termo “tendência” esteja em baixa, algo dito principalmente pelos escritórios de estilo, como o francês Nelly Rodi, alguns modismos continuam surgindo. Mas saiba usá-los a seu favor. E a melhor maneira para isso é sabendo qual o seu estilo pessoal. Busque por referências visuais, o que você gosta de assistir, pinturas que adora, músicas que ouve, sua rotina… Tudo ajuda na descoberta. Depois disso, veja quais as peças que vão complementar e coordenar com o que você já tem no guarda-roupa e serão muito usáveis no dia a dia. Junte isso com a primeira dica e, com certeza, você fará investimentos a longo prazo.

Moda em tempos de crise 2

3 – Use a criatividade: ela é nossa maior aliada na hora de montar o estilo pessoal. E o que não falta são opções de arrasar no estilo sem gastar muito. Primeiro, já pensou na customização? Pegar uma peça de roupa velha e dar uma cara nova a ela usando tingimentos, recortes e aplicações é, além de uma atividade bacana, uma opção de fazer brilhar sua personalidade através da roupa.
E que tal trocar a loja comum, principalmente o fast fashion, e retomar os hábitos da vovó, que mandava fazer as roupas? Isso é bacana primeiro porque a peça será feita sob medida para você e valorizará seu corpo. Segundo, voltamos para a primeira dica, porque a costura será perfeita e, se você comprar um tecido de qualidade, a durabilidade é garantida.
Aquela visita ao baú dos seus avós pode render vários looks novos. Claro que a moda se atualizou e muita coisa mudou. Mas fazendo alguns ajustes em detalhes, a peça ficará como nova e gritando estilo.

4 – Vá a brechós: não tem avós ou o baú deles está vazio? Visite uma loja que vende roupas usadas. Claro que a maioria deles não vai ser como ir numa loja comum e você terá que procurar muito mais e fazer uma seleção maior. Mas com certeza você encontrará alguma peça bacana, que fará seu estilo e terá um preço amigo. Ainda existem as versões virtuais, como o Enjoei, onde você pode tanto adquirir quanto se livrar daquilo que não te agrada mais.

5 – Faça trocas: seu amigo usa o mesmo tamanho que você tem aquela peça que super coordenaria com o seu closet? Propõe uma troca para ele! Faço isso constantemente com amigos e dá muito certo. É uma maneira de renovar o guarda-roupas sem gastar e ainda ter aquelas peças que muitas vezes desejamos e não encontramos mais nas lojas.
Existem também eventos que promovem as trocas. Nele, cada peça que você leva tem um valor e você pode trocar por outras da mesma média.

Z

Advertisements

3 Replies to “Moda Mundo: enfrentando a crise com estilo”

  1. Douglas, todas ótimas dicas! Minha irmâ (que escreve o Petite à Porter comigo) tb compramos pouco, mas optamos por itens de qualidade. E fazemos muita troca entres nós, já que as peças são sempre novas e bem cuidadas por serem peças boas. Aí sempre temos uma novidade! Bjos!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s