Preciso organizar a minha vida II

IMG_5909Iniciando o método KonMari

Ainda no primeiro dia comecei a devorar o livro. Sou desses que entram na empolgação e precisam tocar o projeto, senão desisto. Mais um dos motivos para eu entrar nessa busca pelo equilíbrio. Primeiro, Marie prega que, quem nunca aprendeu a organizar, não tem como fazê-lo. Mas não se trata apenas de botar tudo no lugar. Armazenar é uma missão fácil, ela prega é que devemos ter apenas o necessário para que tenhamos o estilo de vida almejado.

Um erro muito comum cometido por quem se mete a organizar a casa, é setorizar por cômodos e fazer um pouco a cada dia. O correto é dividir por elementos. Por exemplo, se você for organizar seus livros e tiver eles guardados na sala e nos quartos, você deve vê-los como uma unidade, fazer o descarte e só depois pensar em um armazenamento geral deles. Quando vamos aos poucos, o maior perigo é o que ela chama de “efeito rebote”, quando a bagunça volta, muitas vezes antes mesmo de terminarmos de colocar ordem na casa toda.

Outra dica importante de Marie é que devemos fazer o descarte de uma vez só. Se começarmos a pensar que, jogando um objeto fora por dia, e no fim do ano somarmos 365, vamos desconsiderar tudo o que colocaremos para dentro de casa, ignorando o fato de que vamos comprar mais coisas, que vão acabar se acumulando também. “O trabalho envolve basicamente duas ações: decidir se vai ou não jogar algo fora, e depois definir onde guardá-lo. Se você é capaz de fazer essas duas coisas, pode alcançar a perfeição.”

Organizar sem descartar o desnecessário não adianta nada. Segundo Marie, tirar a bagunça do campo de vista é como varrer a sujeira para baixo do tapete. Não vai demorar para ela voltar. Existem três tipos de pessoas: as “não consigo jogar fora”, as “não consigo colocar de volta no lugar” e a terceira, que é uma união dos dois, “não consigo jogar fora nem colocar de volta no lugar”. Por isso, a organização deve sempre começar pelo descarte.

Vamos ao que interessa

Antes de começar o descarte, Marie pede que façamos uma lista dizendo por que queremos ser organizados. Mas não com respostas óbvias, como “para ter um ambiente limpo”. A ideia é traçar o estilo de vida almejado com a mudança na organização. Para cada resposta que der, é importante encontrar uma resposta do por quê queremos aquilo.

Portanto, antes de iniciar o descarte, fiz a minha lista. Quero ser organizado porque…

  • Quero ter uma agenda mais funcional e organizada…
  1. Para sempre cumprir todas as tarefas.
  2. Para aumentar o foco no que faço.
  3. Para encontrar equilíbrio entre o que tenho a fazer e o tempo.
  • Quero saber tudo o que tenho e poder comprar menos…
  1. Para gastar menos e economizar dinheiro.
  2. Para poder morar no exterior por pelo menos seis meses.
  3. para realizar meus sonhos e poder firmar minha empresa.
  • Quero equilibrar as contas…
  1. Para poder trabalhar menos.
  2. Para conquistar o que necessito.
  3. Para poder mudar de país logo.
  • Quero ter um estilo de vida mais leve…
  1. Para poder me dar ao “luxo” de fazer o que realmente gosto.
  2. Para ter um equilíbrio entre o trabalho e o que gosto de fazer.
  3. Para diminuir a sensação de cansaço, poder me dar ao tempo de ter lazer e poder cuidar mais da minha saúde e do meu corpo.

O primeiro passo foi dado. O próximo é começar a descartar. Esse é o desafio do fim de semana e, confesso, estou muito empolgado. A caminhada continua.

Nossa página no Facebook já está ativa e para acompanhar o dia a dia dessa busca pela organização, é só curtir Preciso Organizar a Minha Vida.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s