Reserva com preço baixo (e não é falsificado)

reserva-lancamentoUma das marcas de moda masculina mais famosas e consolidadas do mercado brasileiro é, sem sombra de dúvidas, a Reserva. A label carioca, que cresceu muito nos últimos anos, mostra para os homens que moda vai muito além da roupa que vestimos, que ela influencia nosso estilo de vida. Mas, cá entre nós, quem conhece os produtos, sabe que os preços não são lá tão acessíveis. Prova disso é que rolam muitas falsianes por ai, principalmente nos camelôs.

Rony Meisler sempre levou as cópias numa boa. Mas, inteligentemente, decidiu tornar seu produto mais acessível, podendo atingir um público que não pode comprar em suas lojas oficiais. Se uniu com a C&A e dessa parceria está surgindo uma coleção bacana, com os ares da modernidade da Reserva, seu tradicional pica pau, e as estampas tão desejadas.

reserva-cea-6Serão 100 peças, em uma coleção que vai oferecer um guarda-roupa completo para o homem: calças, T-shirts, cuecas, tênis e camisas estarão ao lado de peças mais formais como blazers, ternos e gravatas. A coleção estará à venda a partir do dia 6 de outubro em lojas selecionadas da rede. Os valores irão de R$29,99 a R$299,99.

reserva-cea-3A C&A é reconhecida pelas suas parcerias bem sucedidas. Em sua lista já conta com nomes como Stella McCartney, PatBo e Isabela Capeto, em termos de estilistas, e Gisele Bündchen e Kim Kardashian nas personalidades.

Agora, vamos parar para ponderar: é muito legal ter acesso às peças da marca por preços mais acessíveis. Porém, já vale ressaltar um ponto para aqueles que estão pensando “como essa coleção vai custar tão barato e as outras precisam ser tão caras?” O que acontece é que nas coleções “oficiais” da marca, o desenvolvimento parte do zero – geralmente as parcerias vêm com inspirações de coleções passadas – e têm modelagens e estamparias exclusivas. Além de, claro, o atendimento da loja ser melhor (os vendedores recebem salário, paga-se aluguel, luz, telefone…). Por fim, os próprios tecidos usados são outros, o que diminui a qualidade no caso do fast fashion.

Confira na galeria mais algumas peças divulgadas pela parceria.

As long t-shirts estão com tudo

d9046ad6641a0e2a8823b717a984c8ebJá em 2014 eu vi esse modelo nas lojas de fast fashion da Europa. Na época eram minoria, estavam em araras com uma pegada mais rap. Voltei um ano depois e elas continuavam lá, mas com mais espaço. Percebi que era fato; as camisetas mais compridas se tornariam tendência no Hemisfério Norte e, sem sombra de dúvidas, pegariam por aqui também.

Dito e feito! Quando as coleções de verão começaram a aportar nas lojas, lá estava ela, com seu espaço conquistado à base de muitos rappers e, até mesmo, com um certo respingo do Normcore. Como é normal em toda nova tendência, as dúvidas surgem. Como usar? Existe um corpo ideal? Vamos lá responder algumas dessas dúvidas.

0e44d9da61e4c74c9bdad6207c04c687Que corpo é favorecido? Eu tenho 1,78m, mas a comparação entre tronco e pernas é meio injusta. Meu tronco é mais longo, portanto, na hora de me vestir, devo alongar mais as pernas (vocês não sabem o quanto eu sofri em não poder usar aquela moda – que hoje eu acho bizarra – das calças xadrez). Quando provei uma long, me senti muito estranho.

É fato que quem tem o corpo como o meu, não será tão favorecido. Por isso ela pegou tanto na Europa. Por lá os homens são altos, têm as pernas longas e finas. Mas isso quer dizer que nós não podemos usar? De maneira alguma. O truque pra quem não quiser abrir mão da trend, é usar as duas peças com pouco contraste. Por exemplo, a calça preta, com a t-shirt preta, criam um visual de encurtamento menor.

E as maneiras de usar? Vamos ao próximo tópico.

c1469e8fc887d2627102320859351742A primeira, é a que você já viu na foto acima, com calça. É boa para quem tem as pernas curtas, pois não cria uma linha de corte. Os modelos skinny ficam melhores, mas, se provar com uma mais larga e achar bacana, não precisa ter medo. O que vale é um visual bacana e “segurar o look”.

91cb6ac81f296476e70455df28f7f175Como eu já disse, a bermuda vai ficar melhor para quem tem as pernas longas. Nesse caso, cuidado para a camiseta não ficar muito rente na barra da parte de baixo, para não parecer que deu a louca e você saiu de casa só de blusa.

89f681a28553dfa929ac8e9e379d8b8bMenina pode? Mas é claro! É até mais usual no guarda-roupas feminino. E nesse caso vale com calça, saia, e até rente no short. Tudo depende do estilo.

Ah, e existem longs retas, com corte diagonal, com a barra de cor e estampa diferente… Enfim, são várias opções para deixar seu visual super incrível. Quem vai de long?

Uma legítima loja de cookies em Porto Alegre

Verrine de mousse de chocolate Suflair com crumbles de cookie e chocolate chip (1)Juro que eu tento, segunda após segunda, voltar para a dieta. Mas não é uma missão fácil. Ainda mais com tanta novidade boa na área gastronômica no Rio Grande do Sul. Aliás, ao contrário de alguns anos atrás, estamos cada vez melhor servidos de boa comida no estado. Uma das novidades, que abre ao público a partir de quarta-feira, é a Mr. Cheney Cookies, uma loja que vende o legítimo cookie americano, com variações incríveis.

A empresa surgiu da união de dois amigos, um americano e um brasileiro, com uma paixão em comum: cookies. O primeiro, era um cookieman, sabia todos os segredos dessas delícias americanas e o segundo ficou decidido a conhecer melhor esse segredo e trazer para o Brasil a receita típica dos EUA. O nome foi dado em homenagem ao amigo americano Jay Cheney. Se orgulham em dizer que esse é o único lugar onde se encontra cookies feitos na hora e doces tipicamente americanos, com um sabor apaixonante.

E é esse o diferencial que fez brilhar os olhos desse jornalista que vos e gerou esse post. Sabe aquela experiência que toda criança adora, de ver a comida sendo preparada pelos pais ou avós, sentindo o cheirinho saindo do forno e ficando cada vez com mais vontade de comer? Pois é essa a proposta por lá. O ambiente é preparado para trazer uma experiência única ao consumidor: o cookie sendo preparado na frente do cliente, levado ao forno e saindo quentinho, com um aroma inesquecível.

COOKIES MR CHENEY (1)Além dos cookies em 10 sabores, que são o carro-chefe das lojas, o Mr. Cheney reproduz as receitas de diversos american treats tradicionais como cinnmon rolls, american pancakes with maple syrup, apple pie, cheesecake, brownies etc. Todos os produtos são resultados de receitas autênticas americanas, produzidos artesanalmente com ingredientes de primeira qualidade, bem recheados e fieis aos detalhes do preparo, como fazem as mães, avós e  tias americanas.

Verrine de chocolate branco com crumble de cookies triplo e calda de framboesa (1)Essa Verrine linda, vai estar disponível na loja de Porto Alegre, no Barra Shopping Sul. A franquia gaúcha ficou a cargo do casal Felipe e Claudia Vilanova, que estavam à procura de uma franquia na área de alimentação por gostarem de cozinhar e da relação com o público, mas queriam algo que agregasse um bom conceito, com produtos de qualidade, por isso escolheram o Mr. Cheney. Com 40 unidades em funcionamento, entre lojas e quiosques, a rede já comercializou mais 10 franquias este ano e acaba de inaugurar sua fábrica, na zona norte de São Paulo com capacidade de expansão para atender até 400 lojas.

Então, minha gente, a primeira Mr. Cheney do RS fica no Barra Shopping Sul, nível Guaíba, portaria D, na entrada do Outback, entre a John John e a Hering.

Saiba mais:
www.mrcheney.com.br
www.facebook.com/Mrcheneyportoalegre
Instagram @mrcheneypoa

Cardigan, um companheiro inseparável

a2bc1e64f7953aaf7b54d776572d3db0Essa é a peça perfeita para arrematar qualquer look, principalmente nessa época de temperatura indefinida (pelo menos aqui no Rio Grande do Sul), que precisamos lidar com frio e calor ao longo do dia. Além de estiloso, o cardigan é prático, podendo ser usado de diversas maneiras, tanto sozinho quanto coberto por outras peças que aqueçam mais.

A primeira vez que ouvi falar nos cardigans foi em 2010. Lembro que adorei o estilo da peça e passei a maior dificuldade para encontrar um. Comprei da American Apparel, pela loja online. Com o tempo foi popularizando, mas a resistência era grande. Muita gente achava com a aparência de roupa de pessoas mais velhas, mas mesmo assim eu gostava muito.

bc22defbeb1cd4e37f6b34c8a63f4e7dUma das coisas mais bacanas é que fica bacana tanto em looks femininos quanto masculinos, usado aberto ou fechado. No caso das meninas, um cintinho ajuda a dar uma acinturada e delinear a silhueta, e as mais estilosas podem usar sem blusa por baixo.

Se o dia for fresquinho, como aquele fim de tarde na praia, é bacana usar só ele, com uma blusa fininha por baixo. A o frio for maior, use por baixo de um casaco mais grosso. O efeito visual fica parecido com o de um colete. Ah, e existe o comprimento clássico, na altura da cintura, e o mais longo, que chega a passar do joelho, muito usado com shorts e saias.

Vale reforçar: para ser cardigan a peça não pode ter fecho. O fechamento é feito com botões.

2062c358d523e521cd23c807d6ad6386A história mais contada sobre o cardigan é de que, em 1800, durante a Guerra Crimean, James Thomas Brudenell era o sétimo Conde do Cardigan e foi ele quem nomeou posteriormente o suéter usado pelos soldados. Este comandante militar britânico serviu nesta guerra, e assim começou a introduzir a peça na cultura popular.

Mas o cardigan se tornou muito conhecido no século 17 pelos franceses e na ilha britânica com os pescadores daquela época. Esses suéteres provaram ser inestimáveis para o frio das marés e logo se popularizaram em regiões litorâneas. Aos poucos se popularizou, até que chegou ao figurino de um apresentador infantil dos Estados Unidos, o Sr. Rogers, onde ficou conhecido como uma roupa usada por homens mais velhos.

Eu sou, sem sombra de dúvidas, #TeamCardigan e adoro combinar ele com as minhas roupas.

Younger, uma série para passar tempo

Younger 1Confesso que comecei a assistir Younger só por causa dos figurinos de Patricia Field (Sex and the City, O Diabo Veste Prada, Os Delírios de Consumo de Becky Bloom). Nos primeiros dois episódios fui resistente, pois achei o enredo bobinho, até infantil. A história é leve e classifiquei a série como um bom passatempo para aqueles momentos de nadismo. A exibição no Brasil é nas segundas-feiras à noite, ou seja, ideal para aquele momento pós dia estressante (mais perfeito ainda para quem odeia esse dia, como eu).

Younger 2A história gira em torno de Lisa, uma mulher de 40 anos que é trocada por uma mulher mais jovem e, depois de muitos anos como dona de casa precisa voltar ao mercado de trabalho. Como se sabe, os americanos são muito machistas e resistentes com isso e ela não encontra nenhuma oportunidade. Por acaso ela topa com Josh, um rapaz mais jovem, que se torna par romântico dela, que confunde ela com uma mulher de 26 anos.

Nisso, Lisa e a amiga Maggie veem uma oportunidade de mentir para ela voltar ao mercado de trabalho, deixando para trás os anos com dedicação exclusiva à vida de mãe. É então que ela consegue um emprego de assistente da editora de livros Diana e se torna amiga de Kelsey, uma jovem editora.

Além de ter que esconder a verdadeira idade de todos, inclusive de Josh, ela passa a lidar com desafios, como se adaptar a um mercado extremamente ligado à tecnologia. Com o tempo, conhecendo os personagens e se interagindo da história, a trama, mesmo que leve, se torna interessante. Até mesmo a reflexão de quão ridícula é a situação de uma mulher precisar mentir a idade para conseguir um emprego, ou sobre o preconceito da sociedade conforme as pessoas vão ficando mais velhas.

A série também marca o retorno de Hillary Duff às telas, na pele de Kelsey, que embora namore um homem bonito e bem sucedido, começa aos poucos a encher o saco do relacionamento morno.

Younger 3Younger | Episódios de 20 minutos, em média | Exibido no Brasil por E! Entertainment, nas segundas às 22:30 | Primeira temporada completa

A segunda temporada da série já foi confirmada para 2016. E, se assim como eu você for assistir por causa dos figurinos de Patricia, não se anime. Nada de muitos delírios fashionistas de Carrie Bradshaw ou Miranda Priestly. A série é bem pé no chão e a personagem mais estilosa é a Diana, uma mulher bem sucedida, que ama marcas.

Batas, um toque 70’s no estilo

bfdeb7be742772c8f17c4562cd60e42aA peça buscada na moda oriental nos anos 70, que foi hit absoluto na década do “paz e amor”, depois virou sinônimo de roupa de grávida, volta com tudo neste verão. A bata já é um dos elementos presentes no estilo descolado de 9 entre 10 meninas antenadas mundo a fora. Não é de hoje que se busca um resgate da peça, mas parece que foi nesse verão do Hemisfério Norte que ela voltou a ganhar força e começou a aparecer com força nos looks de street style.

0891a65fcd4ef2e766b1494818aec6ffNão existe um material específico para a produção da bata. Ela pode ser de algodão, linho e até seda. Para uso diurno elas têm bordados ao estilo étnico ou nenhum. Para a noite, já ganham brilhos e detalhes mais extravagantes. É bacana combinar com o acessório certo para cada momento e escolher o shape que combina mais com o seu corpo. Mas o mais bacana é que ela pode ser tanto despojada, para aqueles momentos relax, quanto mais formal, para uso no trabalho. Duvida? Vem conferir.

db9c6742f0bd6c6ae9268c5f298b1d4eAcho que quando se fala em bata, logo as pessoas lembram da praia, num uso com short, mais despojadão. É muito bacana para ocasiões que não exigem tanta formalidade. Aquele passeio ou até mesmo um happy hour são momentos bacanérrimos para apostar nessa dupla sem medo de errar. Nos pés cabem tanto as rasteirinhas quanto os saltos (nesse caso, meu modelo preferido é o anabela). Quer deixar o visual ainda mais interessante e boho? Chapéus, tanto os menores, quanto os maiores, como o floppy, que não tem como não amar.

4a54e814b82a0ef342919b89616af0ddOutro duo interessante é a bata com jeans. Essa combinação combina até mesmo com um escritório que não exige muita formalidade. A calça pode tanto ser skinny quanto flare, curta ou com comprimento normal. E mais uma vez, vai da rasteirinha ao saltão, de acordo com seu gosto. Ah, eu amo com sapatilhas e, dependendo do tom da blusa, até mesmo um calçado bem colorido pode arrematar o look com muita atitude.

110ecb64b4eab38cb2fcfdd621564b9cE quem disse que look de executiva precisa se restringir a camisa e tailleur sem graça? Olha que incrível o resultado da bata combinada com a saia mais social. Um scarpin e uma bela bolsa arrematam o visual e mostram que, mesmo sendo formal, você tem muita atitude de moda e segura qualquer look.

Outra vantagem da bata é a modelagem larga, que permite que o corpo respire, sem passar calor. Preste atenção na hora da compra no tecido que escolher, afinal, alguns, como o linho, abafam demais e você vai se arrepender de sair de casa com ela num dia muito quente. De resto, é só esbanjar estilo por ai num look que combine com você,

Já segue nossa página no Facebook? Dá teu like ai!

Preciso organizar a minha vida II

IMG_5909Iniciando o método KonMari

Ainda no primeiro dia comecei a devorar o livro. Sou desses que entram na empolgação e precisam tocar o projeto, senão desisto. Mais um dos motivos para eu entrar nessa busca pelo equilíbrio. Primeiro, Marie prega que, quem nunca aprendeu a organizar, não tem como fazê-lo. Mas não se trata apenas de botar tudo no lugar. Armazenar é uma missão fácil, ela prega é que devemos ter apenas o necessário para que tenhamos o estilo de vida almejado.

Um erro muito comum cometido por quem se mete a organizar a casa, é setorizar por cômodos e fazer um pouco a cada dia. O correto é dividir por elementos. Por exemplo, se você for organizar seus livros e tiver eles guardados na sala e nos quartos, você deve vê-los como uma unidade, fazer o descarte e só depois pensar em um armazenamento geral deles. Quando vamos aos poucos, o maior perigo é o que ela chama de “efeito rebote”, quando a bagunça volta, muitas vezes antes mesmo de terminarmos de colocar ordem na casa toda.

Outra dica importante de Marie é que devemos fazer o descarte de uma vez só. Se começarmos a pensar que, jogando um objeto fora por dia, e no fim do ano somarmos 365, vamos desconsiderar tudo o que colocaremos para dentro de casa, ignorando o fato de que vamos comprar mais coisas, que vão acabar se acumulando também. “O trabalho envolve basicamente duas ações: decidir se vai ou não jogar algo fora, e depois definir onde guardá-lo. Se você é capaz de fazer essas duas coisas, pode alcançar a perfeição.”

Organizar sem descartar o desnecessário não adianta nada. Segundo Marie, tirar a bagunça do campo de vista é como varrer a sujeira para baixo do tapete. Não vai demorar para ela voltar. Existem três tipos de pessoas: as “não consigo jogar fora”, as “não consigo colocar de volta no lugar” e a terceira, que é uma união dos dois, “não consigo jogar fora nem colocar de volta no lugar”. Por isso, a organização deve sempre começar pelo descarte.

Vamos ao que interessa

Antes de começar o descarte, Marie pede que façamos uma lista dizendo por que queremos ser organizados. Mas não com respostas óbvias, como “para ter um ambiente limpo”. A ideia é traçar o estilo de vida almejado com a mudança na organização. Para cada resposta que der, é importante encontrar uma resposta do por quê queremos aquilo.

Portanto, antes de iniciar o descarte, fiz a minha lista. Quero ser organizado porque…

  • Quero ter uma agenda mais funcional e organizada…
  1. Para sempre cumprir todas as tarefas.
  2. Para aumentar o foco no que faço.
  3. Para encontrar equilíbrio entre o que tenho a fazer e o tempo.
  • Quero saber tudo o que tenho e poder comprar menos…
  1. Para gastar menos e economizar dinheiro.
  2. Para poder morar no exterior por pelo menos seis meses.
  3. para realizar meus sonhos e poder firmar minha empresa.
  • Quero equilibrar as contas…
  1. Para poder trabalhar menos.
  2. Para conquistar o que necessito.
  3. Para poder mudar de país logo.
  • Quero ter um estilo de vida mais leve…
  1. Para poder me dar ao “luxo” de fazer o que realmente gosto.
  2. Para ter um equilíbrio entre o trabalho e o que gosto de fazer.
  3. Para diminuir a sensação de cansaço, poder me dar ao tempo de ter lazer e poder cuidar mais da minha saúde e do meu corpo.

O primeiro passo foi dado. O próximo é começar a descartar. Esse é o desafio do fim de semana e, confesso, estou muito empolgado. A caminhada continua.

Nossa página no Facebook já está ativa e para acompanhar o dia a dia dessa busca pela organização, é só curtir Preciso Organizar a Minha Vida.