Você faz o que te faz feliz?

"Fazer o que você gosta é liberdade. Gostar do que você faz é felicidade"
“Fazer o que você gosta é liberdade. Gostar do que você faz é felicidade”

Acho o Pinterest uma fonte inesgotável de inspirações. Seja pro meu trabalho como stylist, seja pra achar fotos de looks ou para a vida. Algumas contas que sigo dão aquelas pílulas de auto-estima que precisamos pra levar o dia numa boa. Hoje, enquanto aproveitava o tempo livre pra dar uma navegada, encontrei a imagem acima. A pergunta estampada nela me fez pensar muito.

Fazer o que se gosta é um tema que tenho pensado muito nos últimos dias, de uma maneira cada vez mais profunda e séria. A vida não é feita só de coisas boas, óbvio. Mas já parou pra pensar em quantas coisas fazemos sem gostar, contra nossa vontade? Pode ser a função que o chefe mandou, aquele trabalho de aula que não podemos simplesmente ignorar, ou aquele exercício que fazemos obrigados em nome da saúde do nosso corpo.

Em meio a toda a reflexão dos últimos dias, busco algumas respostas para questões muito pessoais. Por exemplo, se meu perfil é de pessoa calma, por que ando tão irritável? E sendo assim, por que não me respeito e trato de me acalmar fazendo algo que realmente gosto? Isso não se trata apenas de trabalho, mas sim da nossa vida.

Um dia vi uma entrevista da jornalista Erika Palomino. Ela dizia que não só faz o que gosta, como se dá ao direito de não fazer o que não gosta. Será isso aplicável na vida de quem tem chefe, professor e a sociedade em volta? Outra “alfinetada” que me dou de vez em quando é assistir o vídeo que anexo no fim deste post, “All work and all play”. Ele já começa te perguntando: “Você está fazendo o que gosta nesse exato momento?” 

Ninguém é obrigado a gostar do que faz. Convenhamos, vivemos em um mundo capitalista, precisamos de dinheiro e, consequentemente, necessitamos de um emprego. Mas já pensou que, se teu trabalho não te agrada, existem opções? Que tu não precisa ficar trancafiado a vida toda na mesma empresa, exercendo a mesma função? Para pra pensar. Talvez conversando com teu chefe, ele vai te arranjar uma função que te agrada mais. Ou então, por que não olhar para os lados e começar a procurar outras opções? Se não nos mexermos, nada acontece.

E não espere pela aprovação dos outros. Respeite a si mesmo. Ouse ser feliz. Vá contra as regras. Não é um emprego 9 to 5 que necessariamente vai te realizar. Não é a musculação que necessariamente precisa ser usada pra deixar tua saúde em dia. Simplesmente, existem alternativas. E por que não tentar encontrar elas? A única coisa errada em meio ao emaranhado da vida é fazer o que não te faz feliz. 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s